Blackwell Epiphany

Blackwell Epiphany

Uma conclusão brilhante para a saga da aventura esotérica Blackwell

A Wadjet Eye está de volta! Depois de The Shivah, Gemini Rue e Resonance, os mestres dos jogos de apontar e clicar se fazem presentes outra vez para colocar o ponto final na ótima saga Blackwell. Ler descrição completa

PRÓS

  • Excelente roteiro
  • Jogabilidade adulta e sutil
  • Dublagem (em inglês)
  • Qualidade dos quebra-cabeças

CONTRAS

  • Jogabilidade pobre diante dos jogos anteriores
  • Interface pesada

Excelente
9

A Wadjet Eye está de volta! Depois de The Shivah, Gemini Rue e Resonance, os mestres dos jogos de apontar e clicar se fazem presentes outra vez para colocar o ponto final na ótima saga Blackwell.

É o momento de encarar um excelente jogo de aventura com quebra-cabeças e um roteiro impecável, obrigatório para quem jogou os episódios anteriores!

Hora da epifania

A saga Blackwell narra o encontro e as aventuras de Rosangela Blackwell, jovem jornalista nova-iorquina, e de seu guia espiritual Joey Mallone. Graças aos seus dons de médium e à ajuda de seu espírito pessoal, Rosangela se esforça, ao longo dos episódios, por liberar almas presas na Terra.

A fórmula está provada e é diabolicamente eficaz: cada encontro com um novo fantasma dará lugar a uma investigação sobre seu passado e sobre as razões pelas quais anda pairando no mundo dos vivos. Cabe a você reunir provas suficientes para tranquilizar a alma do falecido e permitir sua passagem definitiva para o além.

Como toda boa conclusão, Blackwell Epiphany vai além do âmbito habitual da série para propôr uma história única, que vai perturbar as crenças e missões de nossos dois heróis. Não posso dizer mais nada sem comprometer o prazer da descoberta, só que você vai desfrutar de uma excelente história com uma conclusão intensa e brilhante para a série.

Jogabilidade sutil no estilo Wadjet Eye

Blackwell Legacy segue a tradição do gênero apontar e clicar tal como o conhecemos desde o auge da Lucas Arts (Monkey Island). Um personagem para dirigir as ações pelo cenário 2D com o mouse, os diálogos e os objetos a serem coletados e combinados.

Mas a receita Wadjet Eye impôs sua própria personalidade ao longo dos anos. Dando relevância aos diálogos e oferecendo ao protagonista um celular (usado para revisar evidências e combiná-las para seguir com a investigação, ou mesmo para fazer chamadas, claro), a fórmula do Blackwell permite uma resolução inteligente e original do quebra-cabeça.

No entanto, os fãs da série não se surpreenderão muito com o grau de dificuldade dos quebra-cabeças. O bom é que eles permitem que a aventura progrida de maneira fluida. Porém, com o forte peso que a história ganhou, Blackwell Epiphany não dá mais importância às mecânicas de jogo (pouco exploradas em comparação com os títulos anteriores).

Também é uma vergonha que os desenvolvedores não tenham refeito a interface: o inventário (acessado pela parte superior da tela) aparece constantemente contra a nossa vontade. Um sistema horrível. Já passou da hora dos jogos de apontar e clicar se desfazerem dele.

Uma produção à antiga em grande estilo

Blackwell Epiphany certamente não seduz o jogador com um visual estonteante. Mas, com os gráficos de estilo antigo em pixel art, é impossível negar o seu charme. O visual dos cenários e dos personagens é muito bem acabado, e é um imenso prazer encarar toda a aventura (que contém muitos lugares misteriosos bem desenhados). Os diálogos dublados na íntegra merecem menção especial, já que dão mais sabor a esta grande epopeia interativa.

Indispensável para os fãs de jogos de aventura e da série Blackwell

Se você é um amante da série Blackwell, este último episódio não é opcional: vem para fechar em grande estilo a trama e as dúvidas do roteiro da série. Intenso, inteligente, bem feito, Blackwell Epiphany é simplesmente obrigatório.

Para aficionados aos jogos de apontar e clicar e curiosos que ainda não se aventuraram por esta série formidável, comece a agora a recuperar o tempo perdido explorando o primeiro episódio! Você encontrará uma das melhores séries do gênero.

— Aventura —

Blackwell Epiphany

Download

Blackwell Epiphany